Rua Pedroso Alvarenga, 584 – Itaim Bibi, São Paulo, SP  |  (11) 99717-7493

Fumar cigarro pode engordar?

por 21 jul, 2023

O hábito de fumar cigarro pode engordar, mas pouca gente sabe disso.

Embora a associação entre fumar e emagrecer seja conhecida, estudos recentes destacam como fumar pode afetar o metabolismo e o comportamento alimentar.

Neste artigo, vou explorar a relação complexa entre o tabagismo e o ganho de peso, trazendo reflexões sobre os efeitos a longo prazo no peso corporal e os possíveis mecanismos por trás dessa relação.

Conhecer melhor essa dinâmica é fundamental para uma abordagem informada sobre a saúde dos fumantes. Confira e evite sérios problemas.

Fumar cigarro engorda: mito ou verdade?

O cigarro por si só não tem o poder de engordar ou emagrecer. Fumar pode, inicialmente, suprimir o apetite e levar à perda de peso em algumas pessoas, devido à nicotina. 

Entretanto, o efeito varia entre indivíduos, podendo também estimular o aumento do apetite e resultar em ganho de peso. Além disso, doenças associadas ao fumo podem contribuir para o ganho de peso.

É fundamental compreender que o tabagismo é altamente prejudicial à saúde, aumentando os riscos de doenças cardiovasculares, pulmonares e diversos tipos de câncer. 

Parar de fumar é uma das melhores decisões que alguém pode tomar para melhorar sua qualidade de vida, independentemente dos efeitos sobre o peso corporal. 

Buscar apoio médico e adotar hábitos saudáveis, como uma dieta equilibrada e a prática regular de atividade física, são importantes para a saúde geral e o bem-estar.

O que o cigarro faz no metabolismo?

A presença de nicotina no cigarro atua como um estimulante que pode suprimir o apetite e acelerar o metabolismo, levando a uma maior queima de calorias e à diminuição de peso.

Embora seja considerado atraente do ponto de vista estético, é importante ressaltar que, pela saúde, é uma das piores ideias que você pode tomar na vida.

Isso porque o cigarro está associado a diversos riscos para a saúde. Sem contar, é claro, no aparecimento de rugas, queda de cabelo, unhas amareladas, dentes prejudicados, mau hálito… a lista é imensa.

Os mesmos quilos que o cigarro te fará perder da forma errada podem ser eliminados através de uma dieta correta e exercícios regulares. O bem-estar e a sensação de felicidade também estarão presentes. 

Cigarro, obesidade e a perda de paladar em mulheres

De acordo com um estudo realizado nos Estados Unidos pela Universidade de Washington, o dano do cigarro ao paladar é mais comum em mulheres com excesso de peso. 

Como elas têm dificuldade em identificar o sabor de alimentos ricos em gordura, passaram naturalmente a consumir maior quantidade e a ganhar cada vez mais peso.

Ou seja, a perda de paladar pode tirar o apetite em pessoas que já estão acima do peso, o que pode levar ao aumento do consumo, contribuindo para o aumento do peso.

Diante disso, a pessoa perde a saúde a cada dia, afinal a combinação de tabagismo e obesidade é perigosíssima.

Além disso, em contrapartida, ao parar de fumar, o paladar volta e fatores como o aumento da ansiedade contribuem, também, para o ganho de peso desenfreado. 

Ao decidir parar de fumar, é essencial ter ajuda de nutricionista, psicólogos e educador físico para neutralizar ou minimizar os impactos da mudança de hábito.

Parar de fumar não é uma tarefa fácil, mas a melhor decisão. Conte com o auxílio de um profissional especialista e garanta uma mudança de vida real e permanente.

Posso usar cigarro para emagrecer?

Embora as substâncias tóxicas do cigarro ajam como inibidores de apetite, as ‘propriedades emagrecedoras’ não compensam os grandes danos no organismo.

O uso contribui para a perda de peso pelo fato de reduzir o paladar, o olfato, aliviar a ansiedade e interferir no metabolismo. No entanto, seus efeitos são sutis e os efeitos colaterais muito ruins.

Sem contar que, para uma pessoa que deseja emagrecer, o hábito de fumar é um tiro no pé. Além de prejudicar a prática de exercícios, parar de fumar favorece o ganho de peso.

Outro ponto muito importante é que a perda de peso deve ser feita de forma inteligente e saudável.

Um estilo de vida saudável promove muitos benefícios como: melhora do humor, felicidade, definição do corpo, saúde da pele, unhas, cabelos etc.

O resultado que você quer está no estilo de vida que você sabe que precisa desenvolver. Não perca mais tempo e fale com um médico especialista que vai te ajudar a atingir seus resultados. 

Por que quando a pessoa para de fumar engorda?

Ao parar de fumar, diversos fatores podem contribuir para o ganho de peso, como mudanças no metabolismo, paladar e olfato afetados pela nicotina. 

A ansiedade da abstinência também pode levar a uma maior necessidade de se alimentar, especialmente nos primeiros dias. Para evitar o ganho de peso, é essencial tomar precauções e manter alimentos saudáveis disponíveis. 

A ajuda de um psicólogo, nutrólogo ou endocrinologista é essencial. Calmantes leves podem auxiliar no controle da ansiedade, e exercícios físicos liberam hormônios de prazer, promovendo bem-estar. 

Essas estratégias favorecem uma transição saudável ao parar de fumar. Consultar profissionais para orientações personalizadas é fundamental durante essa fase desafiadora. Lembre-se: vencer a abstinência vale a pena.

Conclusão

O efeito do tabagismo no nosso corpo pode desencadear muitas mudanças e problemas ao longo prazo. Um deles é a alteração no paladar e metabolismo, que contribuem para o ganho ou perda de peso.

O processo de parar de fumar precisa ser feito de forma segura e com acompanhamento médico. Adversidades como ansiedade, abstinência e volta do apetite contribuem para o ganho excessivo de peso, o que pode desencadear outros problemas.

Caso esteja pretendendo parar de fumar ou com problemas para emagrecer, entre em contato com um médico especialista e garanta uma transição saudável, assistida e correta.

Sobre o autor

Dr. Filipe Fontes

Médico - Endocrinologia

  • Clínica médica
  • Endocrinologia e metabologia
  • Emagrecimento, obesidade, gordura localizada
  • Performance e ganho de massa
  • Melhora da libido e disposição
  • Terapias injetáveis
  • Reposição hormonal e qualidade do sono
  • Tireóide, diabetes e sarcopenia

Dr. Filipe Fontes

Médico - Endocrinologia

  • Clínica médica
  • Endocrinologia e metabologia
  • Emagrecimento, obesidade, gordura localizada
  • Performance e ganho de massa
  • Melhora da libido e disposição
  • Terapias injetáveis
  • Reposição hormonal e qualidade do sono
  • Tireóide, diabetes e sarcopenia

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *