Rua Pedroso Alvarenga, 584 – Itaim Bibi, São Paulo, SP

Doenças causadas pela má alimentação: descubra e evite

por 26 jul, 2023

Independentemente da idade e do porte físico, as doenças causadas pela má alimentação podem não demorar a surgir.

É comum que pessoas tenham predisposição para algumas doenças que, com a má alimentação, tornam-se mais fáceis de se desenvolver. 

Por isso, ter a atenção no cardápio diário é uma preocupação que todos devemos ter para evitar problemas futuros.

Diante da seriedade do assunto, eu preparei um artigo completo para que você entenda o que é uma alimentação ruim, como ela detona a sua saúde e o principal: como garantir uma vida longa e saudável a partir de agora.

O que é considerada uma má alimentação?

A má alimentação é fruto de uma dieta desequilibrada, com baixa ingestão de frutas, verduras, legumes, cereais e grãos, com consumo excessivo de gorduras saturadas, sódio e açúcar (calorias vazias).

É essencial destacar que ser magro não é indicativo de alimentação saudável, pois a ingestão de menos quantidade de comida não garante o consumo de alimentos saudáveis.

A qualidade da alimentação está no seu poder nutritivo e a aparência de uma pessoa não revela a sua massa magra real (ou body fat).

No entanto, mesmo que o mau hábito alimentar tenha se instalado há muito tempo na sua vida, nunca é tarde para mudar o estilo de vida e ter mais saúde.

O que uma má alimentação pode causar?

A comida é a mais importante fonte de energia para o nosso corpo funcionar. Portanto, se você sobrecarrega o organismo, ele tem de lutar para processar os alimentos ao invés de distribuir os nutrientes. 

Com o passar do tempo, os órgãos começam a cansar. O pâncreas não consegue mais produzir insulina suficiente para controlar a glicose do sangue, o fígado começa a reter gordura e os problemas começam a acumular.

Fora as questões internas do organismo, você vai se sentir cada dia mais indisposto, apático, a flacidez na pele irá surgir, muitas celulites, a pele sofre, cabelos caem… São diversos os prejuízos.

Como você pode ver, uma alimentação ruim é muito perigosa e se associada com o sedentarismo é devastadora.

Abaixo você entende melhor as doenças desencadeadas por uma alimentação ruim e logo em seguida o caminho para mudar de vida.

Doenças causadas pela má alimentação

A má alimentação é uma forma de autointoxicação gradual e, por isso, você deve ficar atento. Conheça agora as principais doenças causadas por uma alimentação ruim:

  • Gastrite;
  • Doenças cardiovasculares;
  • Colesterol alto;
  • Hipertensão;
  • Câncer;
  • Osteoporose;
  • Obesidade;
  • Diabetes;
  • Prisão de ventre;
  • Anemia;
  • Transtornos alimentares: anorexia, bulimia, compulsão alimentar.

A alimentação funciona como uma balança: você pode equilibrá-la para a manutenção da saúde ou usá-la para gerar problemas.

A diabetes, a anemia e a hipertensão, por exemplo, podem ser controladas principalmente pela alimentação, reduzindo e, em alguns casos, eliminando a necessidade de remédios.

Mas há uma boa notícia: todos podem se beneficiar dessa mudança de hábitos.

Com a dieta correta o seu corpo pode se recuperar e funcionar bem. Os benefícios serão sentidos na aparência física, na qualidade da pele, unhas, cabelo e, até mesmo, na disposição e ânimo no dia a dia.

Em relação aos transtornos alimentares, questões psicológicas são muito prevalentes, mas a alimentação correta é um pilar essencial no tratamento. 

Como melhorar a alimentação e evitar doenças?

Depende. Essa palavrinha não responde, mas não poderia ser diferente. O melhor tratamento para você sempre dependerá do seu caso. 

Isso ocorre, pois pessoas com anorexia precisam de cuidados diferentes de obesos, por exemplo. Pacientes oncológicos necessitam de outra abordagem e assim por diante. 

Dessa forma, é recomendável uma equipe multidisciplinar para cuidar da saúde alimentar. Podendo contar com nutrólogos, endocrinologistas e médicos do esporte, combinando tratamentos e terapias de forma sinérgica. 

Um ponto muito importante sobre corrigir os hábitos alimentares é que esse é um processo gradual, que requer persistência e orientação adequada para alcançar uma vida longa e prazerosa.

Má alimentação: o poder viciante dos alimentos industrializados

Alimentos industrializados (junk food) viciam o paladar e o deixa menos sensível, por isso a pessoa precisa de um gosto muito forte para ser estimulada em grandes quantidades de sal/açúcar para se saciar.

O detox é um processo lento e necessário. As fases iniciais são as mais difíceis, visto que o paciente pode não sentir o sabor de frutas e verduras e ‘sofrer’ com uma comida considerada insossa. Persista!

Em suma, a alimentação saudável é o segredo para uma vida longa e prazerosa que é potencializada com a prática de exercícios. Para mudar você só precisa começar e, é claro, ter o profissional certo do seu lado pra te ajudar.

Conclusão

A má alimentação é caracterizada por uma dieta rica em gorduras e açúcares e pobre em frutas, verduras e legumes.

O acúmulo desses componentes industrializados no organismo sobrecarrega os órgãos, gera obesidade e deficiência de vitaminas, além de provocar doenças crônicas e condições críticas de saúde.

Embora os efeitos negativos da má alimentação sejam cumulativos, é possível fazer o caminho de volta e ganhar qualidade de vida. Até mesmo para quem já desenvolveu alguma doença.

Não existem atalhos ou fórmulas mágicas, a reeducação alimentar é o caminho para ter saúde, disposição e alegria em viver. Por isso, fale com um profissional especializado agora mesmo e garanta todos os benefícios de uma vida saudável.

Sobre o autor

Dr. Filipe Fontes

Médico - CRM 200152/SP

  • Endocrinologia e metabologia
  • Clínica médica
  • Emagrecimento, obesidade, gordura localizada
  • Performance e ganho de massa
  • Melhora da libido e disposição
  • Terapias injetáveis
  • Reposição hormonal e qualidade do sono
  • Tireóide, diabetes e sarcopenia

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *