Rua Pedroso Alvarenga, 584 – Itaim Bibi, São Paulo, SP  |  (11) 99717-7493

Doenças causadas pela falta de ferro no organismo: veja como evitar

por 4 ago, 2023

As doenças causadas pela falta de ferro no organismo podem ser confundidas com cansaço e sono excessivo. Por isso, a atenção com sintomas rotineiros deve ser um alerta para a procura de um médico.

A falta de ferro é uma condição silenciosa que pode desencadear em doenças agravantes ao organismo, no entanto, na maioria das vezes, são detectáveis e reversíveis.  

Então, se você está curioso para saber como cuidar melhor da sua saúde e evitar complicações, continue lendo este artigo.

A importância do ferro no organismo

O ferro é essencial na síntese de DNA, no metabolismo energético e é fundamental para o transporte de oxigênio pelo sangue através da hemoglobina durante a atividade muscular.

Além disso, como componente da mioglobina, o ferro atua como fixador de oxigênio nas fibras musculares, protegendo-as de lesões em momentos de baixa disponibilidade de oxigênio.

Esse mineral também fortalece o sistema imunológico e auxilia a produção de colágeno e elastina, essenciais para a integridade do tecido conjuntivo (que atuam no preenchimento e sustentação).

Por ser fortemente presente no organismo, quando há deficiência de ferro o corpo todo recebe sinais. 

Sintomas da falta de ferro no organismo

Um dos principais sinais da falta de ferro é a fadiga persistente, que parece nunca ir embora. Se você anda se sentindo sem disposição, mesmo após uma boa noite de sono, fique atento!

Além disso, você pode perceber sua pele mais pálida e amarelada do que o normal. Isso acontece porque o ferro (um pilar importante na produção de glóbulos vermelhos) está enfraquecido.

Por isso, a importância em exames de rotina para não ter a doença agravada. Além disso, pode ocasionar:

  • dificuldade de concentração;
  • fraqueza;
  • cansaço extremo ao realizar atividades físicas leves;
  • queda de cabelo; e
  • unhas fracas.

Por fim, se você está tendo esses sintomas, é importante procurar um médico para fazer um exame de sangue e analisar como está o nível de hemoglobina.

Doenças causadas pela falta de ferro no organismo

Dentre as doenças causadas pela falta de ferro no organismo, a mais comum é a anemia ferropriva. Apesar da anemia ser algo comum e aparentemente inofensivo, é preciso ter atenção. 

Além de enfraquecer o sistema imunológico e reduzir o desempenho físico, ela também prejudica o desenvolvimento cognitivo em crianças e aumenta o risco de infecções.

Além disso, níveis baixos de ferro no sangue podem desencadear hipotireoidismo, deficiência de vitamina C e agravar casos de anemia falciforme.

Você também pode se deparar com outros tipos de doenças:

  • anemia perniciosa
  • anemia aplástica
  • talassemia
  • anemias hemolíticas (hereditárias ou adquiridas)
  • anemia das doenças crônicas

O funcionamento do nosso corpo é incrivelmente conectado, e para que tudo ocorra bem, a presença desse mineral é essencial. 

Afinal, qualquer desequilíbrio pode sobrecarregar o organismo e desencadear uma série de problemas. 

Anemia por deficiência de ferro: anemia ferropriva

A anemia ferropriva é o tipo de anemia mais comum e é caracterizada pelos baixos níveis de ferro no corpo. Essa condição é revelada através dos níveis baixos de hemoglobina no sangue.

Além da hemoglobina, o ferro também influencia na produção adequada de glóbulos vermelhos e na distribuição de oxigênio dos pulmões para as células do corpo. 

Ter o panorama das importâncias do ferro é necessário para entender o impacto da anemia. O sangue está presente em qualquer parte do corpo humano e por isso é essencial que ele esteja saudável.

A anemia vira leucemia: mito ou verdade?

Esse é um mito que se popularizou. Apesar de ocorrerem no sangue, a anemia e a leucemia são condições distintas e a anemia não causa leucemia.

Embora a anemia não cause nem se transforme em nenhum tipo de câncer, ela pode indicar a presença de um. Uma anemia muito forte e persistente pode não ser a doença, mas sim o sintoma de algo mais grave.

Por isso, o ideal é buscar um médico especializado desde os sintomas iniciar para avaliar e acompanhar a evolução do tratamento.

Quais são as causas da falta de ferro no organismo?

A queda na quantidade de ferro no organismo pode ser ocasionada principalmente pela perda de sangue, em pessoas adultas. 

No entanto, a ocorrência é diversa e pode estar relacionada a diferentes motivos:

  • hemorragia pré-menstrual (comum na pré-menopausa);
  • hemorragia em aparelhos digestivo;
  • distúrbios no intestino que interferem na absorção;
  • rotina alimentar inadequada (comum em crianças e lactentes);
  • menstruação em adolescentes em fase de crescimento;
  • gestação (gerar o feto exige maior quantidade de ferro); e
  • hemodiálise (pode ocasionar essa deficiência de ferro).

Como manter o nível de ferro ideal?

Uma dieta saudável é a melhor forma de corrigir e manter os níveis de ferro no sangue. Por isso, é interessante substituir a má alimentação pela ingestão de:

  • carnes vermelhas magras;
  • frango;
  • peixes;
  • cereais integrais; além de
  • legumes e folhas verdes escuras. 

Uma dica interessante é associar o consumo de ferro com vitamina C, pois ela auxilia na absorção pelo organismo. A depender do nível de deficiência, pode ser necessário o uso de suplementos com comprimidos. 

De forma geral, a alimentação é a melhor forma de manutenção e de corrigir pequenos desvios.

Qual médico trata a falta de ferro?

Se você apresenta algum dos sintomas listados acima e suspeita de deficiência de ferro, é recomendado procurar um clínico geral. 

Esse profissional será responsável pela análise dos sintomas e poderá solicitar exames para confirmar o diagnóstico.

A falta de ferro é uma deficiência do organismo, mas que pode desencadear outras doenças.

Conclusão

A deficiência de ferro no organismo é uma condição que requer atenção, pois pode desencadear diversas doenças, principalmente a anemia ferropriva. 

Os sintomas, como fadiga persistente, palidez e cansaço extremo, são indicativos da necessidade de buscar um médico e realizar exames para avaliar os níveis de hemoglobina. 

Manter uma alimentação equilibrada, rica em fontes de ferro e associada à vitamina C, é uma medida importante para prevenir e corrigir deficiências. 

Gostou do artigo? Caso ainda tenha dúvidas, o recomendável é agendar uma consulta com um médico especialista para evitar complicações e garantir a saúde do organismo.

Sobre o autor

Dr. Filipe Fontes

Médico - Endocrinologia

  • Clínica médica
  • Endocrinologia e metabologia
  • Emagrecimento, obesidade, gordura localizada
  • Performance e ganho de massa
  • Melhora da libido e disposição
  • Terapias injetáveis
  • Reposição hormonal e qualidade do sono
  • Tireóide, diabetes e sarcopenia

Dr. Filipe Fontes

Médico - Endocrinologia

  • Clínica médica
  • Endocrinologia e metabologia
  • Emagrecimento, obesidade, gordura localizada
  • Performance e ganho de massa
  • Melhora da libido e disposição
  • Terapias injetáveis
  • Reposição hormonal e qualidade do sono
  • Tireóide, diabetes e sarcopenia

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *