Rua Pedroso Alvarenga, 584 – Itaim Bibi, São Paulo, SP  |  (11) 99717-7493

Tabagismo e longevidade: parar de fumar pode aumentar tempo de vida

por 26 jul, 2023

Tabagismo e longevidade estão diretamente conectados. Parar de fumar é uma decisão que pode aumentar significativamente o tempo de vida de um indivíduo. 

Neste artigo, abordarei os efeitos prejudiciais do fumo no organismo, que vão desde doenças respiratórias e cardiovasculares, também explicarei os benefícios de abandonar esse hábito

Descubra como eliminar o cigarro do seu dia a dia pode aumentar a expectativa de vida, além de melhorar sua qualidade de vida. Continue a leitura e saiba como ter uma vida mais longa e saudável.

O que é tabagismo?

O tabagismo é uma doença crônica causada pela dependência à nicotina, uma substância naturalmente presente nas folhas de tabaco e encontrada em várias formas, como cigarros e charutos em muitos países e culturas.

Contudo, o hábito de fumar causa doenças graves, assim, reduzindo a qualidade e a expectativa de vida.

A boa notícia é que os danos causados pelo tabagismo podem ser revertidos ao parar de fumar, permitindo que a saúde se restaure gradualmente.

Quais doenças o tabagismo provoca?

O tabagismo é reconhecido como a principal causa isolada de doenças graves. Evidências científicas indicam que os fumantes são expostos diariamente a mais de 4.000 substâncias tóxicas, sendo que 60% delas são cancerígenas.

Abaixo estão algumas das principais doenças e condições associadas ao tabagismo:

  • Doenças cardiovasculares: incluindo infarto do miocárdio, angina, hipertensão arterial, aneurisma arterial, trombose e AVC (Acidente Vascular Cerebral).
  • Câncer: os tipos mais comuns de câncer em fumantes são o de pulmão, boca, laringe, faringe, esôfago, estômago, fígado, rim, pâncreas, bexiga, colo do útero, leucemia e mama.
  • Doenças respiratórias: a fumaça tóxica compromete todo o aparelho respiratório, podendo culminar em enfisema pulmonar, bronquite e pneumonia.
  • Complicações na gravidez: fumar durante a gravidez pode provocar problemas ao bebê como: aborto espontâneo, parto prematuro, baixo peso ao nascer e complicações respiratórias no recém-nascido.
  • Doenças bucais: fumar aumenta o risco de problemas como cáries, doença periodontal, mau hálito e câncer de boca.

Embora os problemas sejam muitos, é importante frisar que sempre há tempo para parar de fumar e colher os benefícios.

Parar de fumar pode aumentar o tempo de vida?

Sim, e quanto mais cedo você eliminar o fumo de sua rotina, maiores serão as chances de desfrutar de uma vida saudável sem os problemas associados.

Mesmo quem fumou boa parte da vida ainda pode parar e colher benefícios significativos para a saúde. Isso porque o organismo consegue ‘fazer o caminho de volta’ e funcionar melhor.

Conforme os dados divulgados no portal da OPAS/OMS, os benefícios de parar de fumar são notáveis em diferentes intervalos de tempo.

  • Dentro de apenas 20 minutos após cessar o tabagismo, o ritmo cardíaco e a pressão arterial começam a diminuir.
  • Após 12 horas, o nível de monóxido de carbono no sangue retorna ao normal.
  • Entre duas e 12 semanas, a circulação sanguínea melhora e a função pulmonar aumenta.
  • De 1 a 9 meses a tosse e a falta de ar reduzem significativamente.
  • Após 1 ano, o risco de desenvolver doença coronariana é reduzido pela metade em comparação com um fumante.
  • Após 5 anos, o risco de sofrer um acidente vascular cerebral se iguala ao de um não fumante.
  • Entre 5 e 15 anos após parar de fumar, as pessoas que tiveram um ataque cardíaco reduzem em 50% as chances de ter outro.

Por fim, a importante decisão de parar de fumar traz benefícios substanciais e reduz de modo significativo os danos causados pelo cigarro.

Como parar de fumar? Confira orientações:

Essa não é uma tarefa fácil, mas totalmente possível. Para parar de fumar, é essencial criar um plano personalizado, estabelecer metas realistas, buscar apoio médico especializado e adotar alternativas saudáveis para lidar com o estresse.

  • Busque apoio: informe a todos que você decidiu parar de fumar, conte com grupos de apoio e terapia. O acompanhamento médico neste momento também é essencial.
  • Identifique os gatilhos: depois da refeição, na pausa para o trabalho, ao pegar um café ou uma cerveja. Evite esses momentos e elimine as ações que te fazem sentir vontade de fumar.
  • Recursos: consulte um médico para obter orientações sobre terapias de reposição de nicotina, medicamentos prescritos ou outros métodos auxiliares. Esse pontapé inicial pode te ajudar muito.
  • Tempo: Para parar de fumar você pode optar por cortar de vez ou aos poucos. Adote a forma que for melhor para você e coloque uma meta. 
  • Persistência e paciência: é preciso ser paciente e lembrar que a mudança de hábito acontece dia após dia. Recaídas podem acontecer, mas não dê a isso o poder de te tirar do foco.

Celebre cada etapa alcançada e busque o apoio necessário para superar os desafios. Com determinação, suporte adequado e estratégias eficazes, é possível deixar o tabagismo para trás e desfrutar de uma vida mais saudável e livre do vício.

Conclusão

O tabagismo consiste no consumo do tabaco e é considerada uma doença crônica.

O uso desenfreado dessa substância ocupa a rotina de grande parte da população mundial culturalmente. Aliás, está entre os maiores causadores de graves problemas de saúde e mortes ao longo da história da sociedade.  

Apesar de tudo, é possível parar de fumar e ter uma vida melhor e quanto mais cedo o fizer, mais benefícios você terá.

Por fim, se você quer parar de fumar e precisa de ajuda, fale com um profissional especializado agora mesmo e garanta sucesso nessa difícil batalha. São muitas vantagens e valerá muito a pena.

Sobre o autor

Dr. Filipe Fontes

Médico - Endocrinologia

  • Clínica médica
  • Endocrinologia e metabologia
  • Emagrecimento, obesidade, gordura localizada
  • Performance e ganho de massa
  • Melhora da libido e disposição
  • Terapias injetáveis
  • Reposição hormonal e qualidade do sono
  • Tireóide, diabetes e sarcopenia

Dr. Filipe Fontes

Médico - Endocrinologia

  • Clínica médica
  • Endocrinologia e metabologia
  • Emagrecimento, obesidade, gordura localizada
  • Performance e ganho de massa
  • Melhora da libido e disposição
  • Terapias injetáveis
  • Reposição hormonal e qualidade do sono
  • Tireóide, diabetes e sarcopenia

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *